Economia e Finanças

Ad image

Internacional

Google anuncia despedimentos de mais de 10 mil trabalhadores

No final de setembro de 2022 a Google contava com cerca de 186.779 trabalhadores, mais de 36.000 do que mês do ano anterior (150.028).

A tecnológica Alphabet, dona da Google, um dos motores de busca na internet mais conhecido do mundo, anunciou esta sexta-feira que vai despedir 12 mil pessoas, cerca de 6,4% da sua força laboral, depois de registar anos de crescimentos consideráveis contra uma “realidade económica actual diferente.

Em comunicado citado pela Efe, o presidente executivo da Google e da Alphabet, Sundar Pichai, anunciou que já enviou um e-mail aos trabalhadores da empresa na União Europeia afetados pela medida.

A vaga de despedimentos, considera-se a maior na história da empresa, que através de um comunicado justificou a decisão com o argumento de que, “depois de vários anos de crescimento espetacular, enfrentamos uma realidade económica muito diferente“.

Segundo a Alphabet, os despedimentos surgem depois de uma “revisão rigorosa” em todas as áreas de produtos e têm como objectivo realinhar os custos da empresa e direccionar o talento e o capital para outras prioridades.

A Alphabet está a seguir o exemplo de outras gigantes tecnológicas, como; a Microsoft, que na última quarta-feira anunciou uma redução de cerca de 10 mil postos de trabalho, segue também outras empresas como; a Amazon, a Salesforce, a Meta ou o Twitter que também avançaram com milhares de despedimentos.

Fonte: Dinheiro Vivo

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Deixe um comentário