Economia e Finanças

Ad image

Finanças

Porto do Lobito cria comissão para a cobrança dos mais de 20 mil milhões kwanzas às empresas públicas

A comissão de negociação surge para recuperar das mais 28 empresas pública o valor que ronda em mais de 20 mil milhões de kwanzas, avançou o Director Financeiro do Porto do Lobito, Arlindo Matias no Economia e Finanças desta sexta-feira, 05 de maio.

Independente de criar a comissão para negociar, assinar actas e protocolos, o Porto do Lobito remeteu o caderno reivindicativo ao IGAP e a AGT. No âmbito das boas relações empresariais com as empresas devedoras, a comissão criada, constatou que algumas delas não possuíam registos das dividas existentes com o Porto do Lobito. Arlindo Matias quando falava no programa radiofónico, Economia e Finanças da rádio Nova 102.5 FM, destacou que as dívidas das mais de 28 empresas públicas, rondava em mais de 20 mil milhões de kwanzas.

E&F: Falando da divida das mais de 28 clientes uma vez que fala em diálogo, quanto é já que foi devolvido?

AM: Das dividas antigas que encontramos, tivemos uma divida antiga com a Sonangol que de acordo as negociações, arrecadamos 1.4 mil milhões de kwanzas, mas, com os fornecedores o Porto de Lobito tem uma dívida no valor de 4 mil milhões de kwanzas e 28 mil milhões de kwanzas com o projecto habitacional para os trabalhadores do Porto do Lobito.

Na sequência, Arlindo Matias afirma ainda que o Porto do Lobito está a negociar com o Executivo a fim de colocar 50% do valor da dívida com o projecto habitacional, que corresponde em cerca de 14 mil milhões de kwanzas, em dívida pública.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Deixe um comentário